IPv6 é a versão mais recente do chamado Internet Protocol (Protocolo de Internet), mais conhecido como IP, o padrão usado para a comunicação entre todos os computadores ligados à Internet. Seu lançamento mundial ocorreu nesta quarta-feira (6).

 

Uma característica fundamental do protocolo IP é que define para cada computador, servidor, celular, tablet ou outro dispositivo conectado à rede um endereço único, que serve como identificador perante toda a rede.

O projeto original do IPv4 é montado como um número de 32 bits, o que define também a quantidade máxima de endereços disponíveis em toda a rede. Há 30 anos, isso parecia ser o suficiente, mas hoje em dia somando o crescimento da Internet com outras questões técnicas sobre as regras de distribuição destes endereços, as mais de 4 bilhões de combinações possíveis não são mais suficientes.

 

 

Para atender ao crescimento da web uma nova versão do protocolo, conhecida como IPv6, foi proposta em 1998. Além de incorporar diversas melhorias que facilitam a vida de quem opera as redes de comunicação, ele utiliza nada menos do que 128 bits para gerar os endereços para cada computador na rede.

Um dos mecanismos corrigidos no IPv6, deixado pelo seu antecessor, foi o IPSec (IP Security). Ele agora fornece funcionalidades de criptografia de pacotes que garantem integridade, confidencialidade e autenticidade. O grande avanço na segurança é significativo, pois com o alto número de endereços se torna inviável o uso de técnicas de varredura de IP em redes para encontrar possíveis hots com vulnerabilidades.

Mas isso não significa diminuir os cuidados com a segurança, já que é sempre importante a proteção com antivírus, firewall, sistemas de controle de acesso e outros recursos.

 

 

Fonte: Techtudo

 

(Nenhuma avaliação para esta página.)

Avalie esta página!

O que é IPv6?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *