Meses depois de sua chegada ao Brasil, será que o Windows Phone se tornou capaz de competir com o Android? Descubra a seguir.

O lançamento do Windows Phone 7.5 (versão oficial 7.10) deu asas a grandes expectativas. O código inteiro do sistema parecia ter sido escrito com anagramas de “promissor” e o visual da interface era um dos mais arrojados que já havia sido concebido pela Microsoft. Quando a Nokia anunciou o apoio ao novo SO, o caminho para o sucesso do Mango parecia estar cravado na pedra. Mas, apesar de todas as resenhas positivas e do suporte de duas das maiores empresas de tecnologia do mundo, o Windows Phone ainda não alcançou os sucesso comercial esperado. O sistema não é bom o suficiente ou as vendas relativamente decepcionantes são uma consequência de fatores externos? Tentaremos responder parte dessa questão nesse comparativo entre o Mango e o Android, especialmente o Ice Cream Sandwich.

Antes de comentar a ecologia de desenvolvimento de aplicativos e a interface dos sistemas, é preciso lembrar que o Mango impõe certas restrições de hardware aos fabricantes de smartphones. Ele não é projetado para rodar com eficiência sobre systems-on-a-chip com dois núcleos de CPU, por exemplo. A resolução das telas, por sua vez, está limitada a um máximo de 800 x 480 pixels. Mas o oposto também é verdadeiro: A Microsoft também exigia especificações mínimas bastante severas, como processadores que rodassem pelo menos a 1 GHz e câmeras de 5 MP.

Posteriormente parte desses requisitos foi relaxada com o anúncio do Tango, uma versão mais leve do Mango. Ainda assim, quando comparado com o Android, o Windows Phone é bem mais restritivo para os fabricantes. Enquanto o Android cobre todo o espectro de smartphones, desde aqueles aparelhos que são quase celulares simples até monstros como o Galaxy Note, o Windows Phone só pode habitar corpos bem específicos, o que, no mercado atual, se traduz em um número de vendas menor se o nome da sua empresa não é Apple.

Veja o Lumia 800 em ação

 

Fonte: Info Exame

 

(Nenhuma avaliação para esta página.)

Avalie esta página!

Windows Phone 7.5, uma alternativa ao Android?

Uma ideia sobre “Windows Phone 7.5, uma alternativa ao Android?

  • 27 de Abril de 2012 em 14:18
    Permalink

    Este blog é muito bom, com diversas notícias atualizadas sobre tecnologia.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *